A memória auditiva não está ao todo relacionada ao problema de audição, refere-se a retenção ou seja, processo por meio do qual uma criança com TDAH, Dislexia, ou não preserva uma aprendizagem de maneira que possa ser localizada. Para que ocorra a retenção não somente é necessário que a pessoa que aprende tenha atenção consciente na informação, mas também que construa estruturas conceituais que deem a ela sentido e significado.

TDAH

Algumas estratégias e atividades também foram usadas em meus atendimentos exitosos com crianças e adolescentes com TDAH e Dislexia, no que se refere à memória auditiva. A memória auditiva pobre coexiste com um processo auditivo fraco. Estas dicas são importantes e podem ser trabalhadas por pais e professores que lidam com crianças que tem TDAH, Dislexia, Autismo, Dificuldades de aprendizagem ou outros Transtornos de aprendizagem, são elas:

– Atraia a atenção da criança chamando-a pelo nome;

– Mantenha sempre contato visual ao falar com esta criança;

– Procure encurtar as frases e limite-as a elementos importantes;

– Coloque ênfase nas palavras que você considera “chave” no diálogo com a criança;

– Evite dar informações demasiadas de uma só vez;

– Sempre que for possível peça uma curta repetição das instruções que você deu;

– Reforce o cumprimento correto das instruções ou tarefas;

– faça listas curtas e peça ao estudante que escreva os passos a seguir em procedimentos da escola ou tarefas específicas.

Ensine a criança a verbalizar para ela os passos que irá seguir: “primeiro vou fazer…”;

– Evite falar em um só tom. Varie o tom, volume e ritmo da fala;

– Ajude a criança utilizando também instrução na forma visual.

 

Atividades que podem ser trabalhadas:

 

– Dê uma, duas ou três ou mais instruções (dependendo da idade da criança) e peça a criança que as execute na mesma ordem: Por exemplo: Pegue o livro, coloque-o sobre a carteira e feche os olhos.

– Trabalhar poesias, canções e rimas. O professor que tiver o dom da poesia pode construir as poesias com os alunos como no caso deste meu exemplo, onde construí a poesia com meu aluno/cliente.

TDAH

PUBLICIDADE

 

Levo em minha mochila

O que é perdido ou achado,

Levo o meu pião,

Minha bola e meu trocado

Levo meu passe estudantil

E meu papel rabiscado,

Resto de cola, caneta

E o que nem é pra ser levado.

Mas tudo tem na mochila

Não é lixo, está guardado.

 

– Dizer uma série de palavras como, por exemplo: casa, relógio, bala, cachorro, etc, fazer uma pergunta: Qual a palavra que nomeia algo que serve para ver as horas?

TDAH

– Dizer uma lista de cores. Pedir à criança que as repita e depois para repeti-las na ordem inversa.

 

Lançamento do nosso mais novo e-book: “Viva o autismo com estratégias e atividades”

Apresento a vocês este trabalho sobre o autismo que tem como objetivo através de muito conhecimento, dicas importantes, estratégias, atividades, relatos,  mostrar que todas as crianças são capazes e aprendem sim. Como bônus vocês irão ganhar o e-book inédito: Atividades exitosas complementares de alfabetização.


E-book Viva o Autismo

E-book “Atividades Exitosas 2”

Devido ao extraordinário sucesso do nosso e-book “Atividades Exitosas”, estamos lançando o “Atividades Exitosas 2”, com mais de 100 atividades onde obtive êxito com crianças com TDAH, dislexia e autismo também (comprovadas e testadas) e agora com lúdico e E.V.A. Imperdível!

E-book Atividades Exitosas 2

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni estas atividades e muitas outras além de estratégias, atividades criativas e de fácil aplicação. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem  dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

 

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Atividades e estratégias para desenvolver a memória auditiva para crianças com TDAH e Dislexia
Classificado como: