Todos nós que trabalhamos com alunos que tem déficit de atenção, sabemos que não é fácil administrar os sintomas deste transtorno, seja na sala de aula ou em casa. Normalmente, a eficácia deste tratamento depende do conhecimento e da persistência da escola e do professor.

Deste modo, apresentamos algumas dicas de como lidar com crianças que tem déficit de atenção na escola. As sugestões são direcionadas aos professores ou cuidadores destas crianças e são pertinentes a qualquer idade das mesmas.

01 – Em primeiro lugar verifique se o que você está lidando é déficit de atenção. Definitivamente sabemos que não é tarefa dos professores diagnosticar este transtorno, mas você pode e deve questionar. Tenha plena certeza de que os responsáveis pela criança tenham testado a audição e a visão da mesma recentemente e tenha certeza também de que outros problemas médicos tenham sido resolvidos. Uma avaliação adequada deve ser feita. A responsabilidade disso tudo é dos pais e não dos professores, mas o professor pode contribuir para o processo.

Déficit de atenção

02 – Tenha senso de missão e prepare-se para conviver com paciência com estas crianças. Concordo que ser uma professora em uma sala de aula onde há duas ou três crianças com déficit de atenção pode ser extremamente cansativo. Neste caso, tenha plena que você tem o apoio da escola e dos pais. Tenha certeza de que há uma pessoa com conhecimento á qual você possa consultar quando tiver um problema (pedagogo, psicólogo infantil, psiquiatra, psicopedagogo ). O importante é que este profissional ele ou ela conheça muito sobre este transtorno e possa auxiliá-lo (a). Conheça os recursos de uma sala de aula e possa falar com clareza. Tenha certeza de que os pais são realmente parceiros.

03 – É imprescindível que você conheça seus limites. Não tenha medo de pedir ajuda. Você, como professor, não pode querer ser uma especialista em déficit de atenção, embora precise conhecer bastante sobre o assunto para lidar e educar o seu aluno. Você deve sentir-se tranquilo em pedir ajuda quando achar necessário.

04 – PERGUNTE À CRIANÇA O QUE PODE AJUDAR

Crianças com déficit de atenção são sempre muito intuitivas. Elas sabem dizer a forma mais fácil de aprender, se você perguntar. Elas ficam normalmente temerosas em oferecer informação voluntariamente porque isto pode ser algo muito difícil para elas. Mas tente aproximar-se desta criança, dialogar com ela e perguntar a ela como ela pode aprender melhor. O melhor especialista para dizer como a criança aprende é a própria criança. É assustadora a frequência com que suas opiniões são ignoradas ou não são solicitadas. Além do mais, especialmente com crianças mais velhas, tenha certeza de que ela entende o que é DA. Isto vai ajudar muito a você como educador e a própria criança.

Déficit de atenção

05 – Lembre-se de que as crianças com Déficit de atenção necessitam de estruturação. Elas precisam estruturar o ambiente externo, já que não conseguem se concentrar, e não podem se estruturar internamente também. Faça listas. Crianças com este transtorno se beneficiam enormemente quando têm uma tabela ou lista para consultar quando se perdem no que estão fazendo. Elas necessitam de algo para fazê-las lembrar das coisas. Eles necessitam de previsões. Eles necessitam de repetições. Elas necessitam de diretrizes. Elas precisam de limites. Elas precisam de organização.

06 – NÃO ESQUEÇA DA PARTE EMOCIONAL DO APRENDIZADO

Estas crianças necessitam de um apoio especial para encontrar prazer na sala de aula. Domínio ao invés de falhas e frustrações. Empolgação ao invés de tédio e medo. É essencial prestar atenção às emoções envolvidas no processo de aprendizagem.

07 – Estabeleça regras. Tenha-as por escrito e fáceis de serem lidas. As crianças se sentirão seguras sabendo o que é esperado delas.

08 – Olhe sempre nos olhos. Você pode “trazer de volta” uma criança Déficit de atenção através dos olhos nos olhos. Faça isto sempre. Um olhar pode tirar uma criança do seu devaneio ou dar-lhe liberdade para fazer uma pergunta ou apenas dar-lhe segurança silenciosamente.

Déficit de atenção

09 – O local adequado na sala é a criança sentada próxima à sua mesa ou próxima de onde você fica a maior parte do tempo. Isto ajuda a evitar a distração que prejudica tanto estas crianças.

10 – Seja firme embora sem perder a ternura e estabeleça limites, fronteiras. Isto deve ser devagar e com calma, não de modo punitivo. Faça isto consistentemente, previamente, imediatamente e honestamente. Não seja complicado, falando sem parar. Estas discussões longas são apenas diversão.

 

Lançamento do nosso mais novo e-book: “Viva o autismo com estratégias e atividades”

Apresento a vocês este trabalho sobre o autismo que tem como objetivo através de muito conhecimento, dicas importantes, estratégias, atividades, relatos,  mostrar que todas as crianças são capazes e aprendem sim. Como bônus vocês irão ganhar o e-book inédito: Atividades exitosas complementares de alfabetização.

PUBLICIDADE


E-book Viva o Autismo

E-book “Atividades Exitosas 2”

Devido ao extraordinário sucesso do nosso e-book “Atividades Exitosas”, estamos lançando o “Atividades Exitosas 2”, com mais de 100 atividades onde obtive êxito com crianças com TDAH, dislexia e autismo também (comprovadas e testadas) e agora com lúdico e E.V.A. Imperdível!

E-book Atividades Exitosas 2

Vejam muito mais conteúdo e estratégias de como viver e vencer com TDAH no meu mais novo E-book, ele apresenta estratégias, técnicas, relatos e atividades imprescindíveis a todos  aqueles que acreditam que podem “Vencer com TDAH”.

banner_vencer_com_TDAH_300_250

O Blog Ganhe Sempre mais, faz uma Mega PROMOÇÃO, em seus cursos, que além de conteúdo de qualidade, facilidade e disponibilidade de tempo, você faz o curso em qualquer horário e local que estiver, ainda fica mais acessível:

Ganhe desconto de 10% com o cupom: C10TDAH  para o Curso de TDAH:

Curso Online de TDAH com Estratégias e Atividades + Bônus E-book Trabalhando as emoções das crianças

Ganhe desconto de 10% com o cupom C10DISLEXIA  para o Curso de Dislexia:

Curso Online de Dislexia com Estratégias e Atividades + Bônus E-book Ciranda – Ensinando com rimas + Bônus E-book TDAH ou Transtorno de Aprendizagens

Convido a todos vocês envolvidos no processo de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, a conhecerem o E-book “Dislexia, Transtorno ou Talento?” Cujo objetivo é justamente demonstrar através de conhecimento, estratégias e atividades que todas as crianças possuem talentos e a forma como devemos despertá-lo. Tenho certeza que todos que o adquirirem terão outra visão da Dislexia e consequentemente através do seu conteúdo e aplicação suas práticas com estas crianças serão exitosas.

banner_dislexia_300_250

Vejam muito mais conteúdos com estratégias e atividades no Curso Dislexia Estratégias e Atividades, destinado a pais, professores, fonoaudiólogos, psicólogos escolares, psiquiatras, pedagogos, psicopedagogos, especialistas de atendimentos educacionais (AEE), TO’s, e as próprias pessoas com o transtorno. Contêm muitas informações relevantes, estratégias e muitas atividades que podem ser aplicadas de forma lúdica e criativa, promovendo deste modo a aprendizagem da criança, por pais, e professores, visando auxiliar os mesmos em suas práticas diárias.

Como bônus você levará 2 E-BOOKS, o e-book CIRANDA – Ensinando com rimas, que contêm poesias educacionais, sugestões de atividades e atividades (modelo) que podem ser trabalhadas com todos os alunos, e o e-book Déficit de Atenção ou TDAH. São inúmeras vantagens para você. ADQUIRA JÁ!

Curso de Dislexia Online

Se você quiser aprender mais sobre TDAH aproveite e inscreva-se em nosso curso de TDAH Estratégias e atividades Inédito + Bônus de um e-book Trabalhando as emoções das crianças. Está imperdível, ADQUIRA JÁ!

banner_300x250_tdah_bonus

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

 

Leia também:

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
10 dicas para auxiliar os professores em sala de aula com alunos com Déficit de atenção
Classificado como:
  • jane

    Obrigada pelos assuntos discorridos aqui, pois acabei de escrever meu artigo, concluindo assim meu pós em Psicopedagogia Clinica Institucional e já comecei a trabalhar numa escola, inicialmente sinto uma certa insegurança, mais com estas leituras torna- se esclarecedor as possíveis dúvidas. Abraço.

    • Olá Jane, obrigada pelo comentário e que bom que estou ajudando você. Qualquer dúvida pode ficar à vontade que se eu puder ajudarei sim. Visite sempre o Blog que terá bastante novidades.

  • Ótimo!

    • Socorro Bernardes

      Obrigada pelo acesso e o elogio querida

  • Claudete

    Bom dia Socorro, quero agradecer por fornecer gratuitamente material tão importante. Eu faço pós graduação em Educação Especial e esses termos TDAH e dislexia entre outros são temas frequentes em meu estudos!

    • Socorro Bernardes

      Obrigada Claudete, realmente meu objetivo é ajudar todos aqueles que trabalham com Dislexia, hiperatividade e autismo. Terei sempre novidades, volte sempre.

  • Nina Lago

    Trabalho com crianças em Reforço Escolar por gostar e para ter a chance de trabalhar melhor com meu neto que tem muita dificuldade de aprendizagem. Ele não escreve corretamente, não lê com clareza só pequenas palavras. Uma tarefa oral ele desenvolve rapidamente e com escrita muito pouco. Sei que precisa de ajuda especializada, mais, os pais não concordam. E, essas dicas me ajudam bastante. Obrigada pelo material tão grandioso e importante. Deus te abençoe.

    • Socorro Bernardes

      Querida Nina, obrigada por suas palavras de incentivo ao meu trabalho, que maravilha que tem ajudado você e outras pessoas, continuarei escrevendo sempre, para ajudar a todos que precisarem. Seja bem vinda, mostre os artigos aos pais da criança quem sabe não ajude a eles também? Abços