Para os sintomas do TDAH não existem férias. Quem apresenta o TDAH e para quem lida com uma pessoa com este transtorno isso é um fato.

Neste texto proponho a vocês um pouco de reflexão, afinal lidar com o TDAH não é fácil, porém, se faz necessário. São muitas situações que podem levar pessoas que lidam ou pessoas que têm o transtorno a um nível elevado de estresse. Imaginemos a situação:

TDAH

Situação 01: Sem concentração, foco, extremamente elétrica, e com rótulo de preguiçosa, indisciplinada, e muitos outros, apresentando muita dificuldade de aprendizagem e socialização na escola. Difícil controlar uma criança desta forma e de repente o diagnóstico: Seu filho apresenta TDAH. Então você “corre” para obter mais informações sobre o transtorno e diante do que já tem passado você entra ainda mais em desespero.

Apesar do diagnóstico psiquiátrico e do acompanhamento psicopedagógico aliado a outros profissionais se necessário (psicólogo, fonoaudiólogo, etc.), existe o cotidiano, a rotina do dia a dia que não é fácil, mesmo com terapia e medicação, fazer algumas coisas onde se tinha muita dificuldade antes pode se tornar menos cansativo, porém, isso não quer dizer que ainda não seja difícil.

Situação 02: “Oiiii, pode repetir? eu não entendi”…este é um dos sintomas do TDAH, desatenção, mais além deste ainda existe a hiperatividade e impulsividade. Deste modo, a combinação destes três fatores varia de pessoa para pessoa, e pode também apresentar diferentes intensidades. No entanto, existem algumas características neurológicas identificáveis que estão relacionadas ao transtorno e algumas outras comorbidades, mas o desenvolvimento da pessoa e a maneira que ela tenta lidar com sua vida é o que acaba definindo a gravidade do mesmo.

Para ser realizado o diagnóstico, é de suma importância fazer uma investigação psiquiátrica cuidadosa para se garantir que a dificuldade da pessoa não é por outras causas como problemas alimentares, visuais, auditivos ou outros transtornos de aprendizado. Além dessa avaliação, algumas características devem estar presentes já por meses, tanto em situações de estresse como em dias corriqueiros, e causarem prejuízo em duas ou mais esferas da vida da pessoa.

No ano de 2002, a medicina mundial reconheceu o TDAH como um transtorno real em um artigo no qual eles se referem a um “consenso internacional”. É importante uma investigação cuidadosa dos sintomas e, caso confirmado o transtorno, dar início ao tratamento e às orientações necessárias, sendo estes adaptados para a necessidade de cada indivíduo.

É muita coisa, não acha? é estressante ás vezes, mas, vá com calma, todas as pessoas têm dificuldades,  não se preocupe, o fato de você ter TDAH não te define, é apenas uma dentre muitas características que faz você ser quem você é e se você lida com uma pessoa que tem TDAH saiba que com estratégias corretas, com tratamento adequado os sintomas podem ser minimizados, essas pessoas, são capazes e podem vencer sim.

Algumas vezes será muito difícil, mas, com o acompanhamento certo, formulação e treino é inteiramente plausível desenvolver as habilidades necessárias para lidar com esse transtorno, da mesma maneira que pensaríamos em manejo de dieta por conta de qualquer outro sintoma. O TDAH está aí, e se você tem esta dificuldade, devido a apresentar o transtorno ou lidar com ele.  Saiba que situações de estresse existem para ser resolvidas, não devemos sucumbir a elas. Muitas vezes somos nós que enfatizamos demais o problema.

Em algumas situações que mencionamos no texto pode estar a causa do seu estresse, caso não esteja nos conte: o que realmente te estressa? será que está na hora de pedir ajuda?

Estratégias e atividades

1- Mão na massa

Muitas pessoas com TDAH respondem melhor a aprendizagem “prática”:  essas atividades auxiliam a construir e desenvolver a confiança. Porém, é importante ressaltar que nem todos os alunos com TDAH respondem bem a este método. Deve-se envolver cada aluno na modalidade que mais eles tem afinidade

2- Modifique a rotina

Pessoas com TDAH, detestam tédio, estão sempre a procura  de algo novo por que não usar isso a seu favor? Torne a “leitura” um pouco mais curta e faça com que os alunos variem as atividades. Use toda a criatividade e modifique a rotina deles tanto em sala de aula como em casa.

3- Mentoring – Programa de tutoria individual

Seria ideal que todos os estudantes tivessem uma atenção individual e direcionada, porém os alunos com TDAH necessitam desta atenção extra para aprender em sala de aula. Um programa de tutoria ou mentoring torna-se bastante útil para a escola, pois com uma atenção direcionada, os alunos com TDAH terão alguém para auxiliar em seu progresso e, ao mesmo tempo ajudá-los a desenvolver as qualificações de que necessitam para atuarem bem na escola e fora dela.

 

Vejam muito mais conteúdo e estratégias de como viver e Vencer com TDAH no meu mais novo E-book, ele apresenta estratégias, técnicas, relatos e atividades imprescindíveis a todos  aqueles que acreditam que podem “Vencer com TDAH”.

PUBLICIDADE

banner_vencer_com_TDAH_300_250

O Blog Ganhe Sempre mais, faz uma Mega PROMOÇÃO, em seus cursos, que além de conteúdo de qualidade, facilidade e disponibilidade de tempo, você faz o curso em qualquer horário e local que estiver, ainda fica mais acessível:

Convido a todos vocês envolvidos no processo de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, a conhecerem o E-book “Dislexia, Transtorno ou Talento?” Cujo objetivo é justamente demonstrar através de conhecimento, estratégias e atividades que todas as crianças possuem talentos e a forma como devemos despertá-lo. Tenho certeza que todos que o adquirirem terão outra visão da Dislexia e consequentemente através do seu conteúdo e aplicação suas práticas com estas crianças serão exitosas.

banner_dislexia_300_250

Vejam muito mais conteúdos com estratégias e atividades no Curso Dislexia Estratégias e Atividades, destinado a pais, professores, fonoaudiólogos, psicólogos escolares, psiquiatras, pedagogos, psicopedagogos, especialistas de atendimentos educacionais (AEE), TO’s, e as próprias pessoas com o transtorno. Contêm muitas informações relevantes, estratégias e muitas atividades que podem ser aplicadas de forma lúdica e criativa, promovendo deste modo a aprendizagem da criança, por pais, e professores, visando auxiliar os mesmos em suas práticas diárias.

Como bônus você levará 2 E-BOOKS, o e-book CIRANDA – Ensinando com rimas, que contêm poesias educacionais, sugestões de atividades e atividades (modelo) que podem ser trabalhadas com todos os alunos, e o e-book Déficit de Atenção ou TDAH. São inúmeras vantagens para você. ADQUIRA JÁ!

Curso de Dislexia Online

Se você quiser aprender mais sobre TDAH aproveite e inscreva-se em nosso curso de TDAH Estratégias e atividades Inédito + Bônus de um e-book Trabalhando as emoções das crianças. Está imperdível, ADQUIRA JÁ!

banner_300x250_tdah_bonus

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

 

 

 

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Descubra: O que mais estressa ao lidar ou ter sintomas de TDAH? Com atividades e estratégias
Classificado como: