Memória prospectiva é aquela memória do que ainda vai acontecer, como por exemplo, compromissos, tarefas de casa, compromissos agendados para o futuro, como consultas médicas, compromissos sociais, reuniões de trabalho, etc.

TDAH

Pessoas com TDAH têm problemas com a memória prospectiva e sem um lembrete do que precisam fazer, na maioria das vezes, elas simplesmente esquecem.

Quem convive com pessoas com TDAH, pode achar difícil de compreender isso, especialmente porque em alguns aspectos, as pessoas com o transtorno podem ter uma habilidade incrível para lembrar fatos aleatórios.

Veja o exemplo a seguir: para devolver um livro na biblioteca, uma pessoa precisa manter em mente o que ‘tem que fazer’ e acionar a memória no momento certo, ou seja, um pouco antes de passar pela biblioteca. Pessoas com TDAH têm com sua memória disfuncional para tarefas cotidianas, podem se lembrar de que devem devolver o livro muito antes de passar pela biblioteca, e logo em seguida esquecer ou lembrar muito depois, quando não há mais tempo para devolvê-lo. Essas pessoas são inábeis no manejo e resgate da memória operacional, literalmente perdem o ‘timing’ imperitos na organização temporal da ação para dar a resposta no momento certo; nem antes, nem depois.

TDAH

Pode parecer inofensivo a princípio, mas quando multiplicado por todas as tarefas e eventos que precisam ser realizados, é fácil perceber que se torna um grande problema, não só para quem tem TDAH, como para pessoas que convivem com eles.

Esquecer-se de pegar os filhos na escola, de pagar uma conta que está vencendo, de comparecer a uma consulta médica ou a um compromisso de trabalho, são coisas toleradas socialmente, quando eventuais. No entanto, se ocorrem com frequência diária, como no caso das pessoas com TDAH, acabam por se tornar problemas maiores, como desgaste dos relacionamentos conjugais, demissões, dívidas financeiras, entre outras tantas coisas, causando um tumulto crescente e contínuo na vida da pessoa.

 

Atividades para memória prospectiva

TDAH

Uma das formas de minimizar as consequências negativas da falha na memória prospectiva é fazer uso de lembretes.

Lembretes auditivos (os lembretes funcionam como um HD externo para o TDAH).

, tais como mensagens gravadas e despertadores podem ajudar, bem como listas de tarefas e agendas escritas ou digitais. Contudo, os lembretes visuais perduráveis (que ficam ao alcance visual continuamente) tendem a ser mais eficazes, uma vez que permanecem ativando a memória do que ‘deve ser feito’.

Veja o exemplo, se uma pessoa com TDAH programa o despertador para avisá-la de um compromisso ou tarefa que deverá ser executada em horário determinado, isto funcionará bem, se for possível executar a tarefa imediatamente. Por exemplo, um lembrete auditivo para tomar um remédio funcionará bem se a pessoa estiver em posse do medicamento naquele exato momento: O despertador toca, ela toma o remédio. Se a ação não for realizada imediatamente ao sinal do alarme, certamente, ela vai esquecer.

É bastante frequente relatos de pessoas com TDAH, que apesar de terem anotado um compromisso na agenda, ainda assim esquecerem tal compromisso. Isto ocorre porque se esquecem de olhar a agenda, ou porque se esquecem de carregar a agenda consigo, ou ainda porque checam a agenda de manhã, por exemplo, e veem que têm compromisso a tarde, mas ao fechar a agenda – nesta janela de tempo entre a checagem e o momento preciso do compromisso – se esquecem outra vez.

Neste sentido, quadros de avisos ou bilhetes posicionados em locais de fácil e continuo acesso visual, para pessoas com TDAH, podem ser mais eficazes, uma vez que ativam a memória dos compromissos continuamente.

É importante dizer que, para que os lembretes visuais funcionem efetivamente, é preponderante não deixar bilhetes acumulados uns sobre os outros e evitar a poluição visual com muitas frases ou rabiscos no quadro de avisos. O excesso de informação visual gera desordem, e neste caso a pessoa com TDAH acabará desistindo de checar os bilhetes e mesmo de olhar para o quadro.

De qualquer forma, não se pode desistir diante da dificuldade de organização. Com persistência, disciplina, uso de estratégias e uma pitada de criatividade, a pessoa com TDAH pode sim desenvolver uma vida funcional.

PUBLICIDADE

 

Fonte: ABDA – Associação Brasileira do Déficit de Atenção

 

 

Vejam muito mais conteúdo e estratégias de como viver e vencer com TDAH no meu mais novo E-book, ele apresenta estratégias, técnicas, relatos e atividades imprescindíveis a todos  aqueles que acreditam que podem “Vencer com TDAH”.

banner_vencer_com_TDAH_300_250

 

O Blog Ganhe Sempre mais, faz uma Mega PROMOÇÃO, em seus cursos, que além de conteúdo de qualidade, facilidade e disponibilidade de tempo, você faz o curso em qualquer horário e local que estiver, ainda fica mais acessível:

Ganhe desconto de 10% com o cupom: C10TDAH  para o Curso de TDAH:

Curso Online de TDAH com Estratégias e Atividades + Bônus E-book Trabalhando as emoções das crianças

Ganhe desconto de 10% com o cupom C10DISLEXIA  para o Curso de Dislexia:

Curso Online de Dislexia com Estratégias e Atividades + Bônus E-book Ciranda – Ensinando com rimas + Bônus E-book TDAH ou Transtorno de Aprendizagens

 

Convido a todos vocês envolvidos no processo de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, a conhecerem o E-book “Dislexia, Transtorno ou Talento?” Cujo objetivo é justamente demonstrar através de conhecimento, estratégias e atividades que todas as crianças possuem talentos e a forma como devemos despertá-lo. Tenho certeza que todos que o adquirirem terão outra visão da Dislexia e consequentemente através do seu conteúdo e aplicação suas práticas com estas crianças serão exitosas.

banner_dislexia_300_250

Vejam muito mais conteúdos com estratégias e atividades no Curso Dislexia Estratégias e Atividades, destinado a pais, professores, fonoaudiólogos, psicólogos escolares, psiquiatras, pedagogos, psicopedagogos, especialistas de atendimentos educacionais (AEE), TO’s, e as próprias pessoas com o transtorno. Contêm muitas informações relevantes, estratégias e muitas atividades que podem ser aplicadas de forma lúdica e criativa, promovendo deste modo a aprendizagem da criança, por pais, e professores, visando auxiliar os mesmos em suas práticas diárias.

Como bônus você levará 2 E-BOOKS, o e-book CIRANDA – Ensinando com rimas, que contêm poesias educacionais, sugestões de atividades e atividades (modelo) que podem ser trabalhadas com todos os alunos, e o e-book Déficit de Atenção ou TDAH. São inúmeras vantagens para você. ADQUIRA JÁ!

 

Curso de Dislexia Online

 

 

Se você quiser aprender mais sobre TDAH aproveite e inscreva-se em nosso curso de TDAH Estratégias e atividades Inédito + Bônus de um e-book Trabalhando as emoções das crianças. Está imperdível, ADQUIRA JÁ!

banner_300x250_tdah_bonus

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

 

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Veja o que é memória prospectiva e como usar na vida diária com estratégias e atividades para pessoas com TDAH
Classificado como: