As crianças que têm TDAH possuem muitas características positivas, vamos conhecê-las e através delas elaborar as atividades em que estas crianças possam se interessar em fazer, seja na leitura ou na escrita.

TDAH

Criatividade – As crianças que têm TDAH podem ser maravilhosamente criativas e imaginativas. A criança que sonha acordada e tem dez pensamentos diferentes ao mesmo tempo pode se tornar uma solucionadora de problemas mestre, uma fonte de idéias, ou uma artista inventiva. Crianças com TDAH podem ser facilmente distraídas, mas às vezes elas percebem o que os outros não vêem.

Flexibilidade – Justamente porque as crianças com TDAH consideram uma série de opções de uma vez, elas não tem por definição uma só alternativa e por isso estão mais abertas a idéias diferentes.

O entusiasmo e a espontaneidade – Crianças com TDAH são raramente chatas! Elas estão interessadas ​​em várias coisas diferentes e têm personalidades vivas. Em suma, se elas são muito ativas, incansáveis, mesmo assim de certa forma se torna divertido estar elas.

Energia – Quando as crianças com TDAH são motivadas, elas trabalham bastante e se esforçam muito para ter sucesso. Na verdade, pode ser difícil distraí-las de uma tarefa que lhes interessa, especialmente se a atividade é interativa.

Tenha em mente, também, que TDAH não tem nada a ver com ausência de inteligência ou talento. Muitas crianças com TDAH são intelectualmente ou artisticamente dotadas.

Crianças com TDAH podem não se concentrar muito na hora da leitura, mas com algumas técnicas podemos auxiliá-las na construção de habilidades  da leitura. Podemos auxiliar com a prática necessária e oferecer apoio para esta criança com transtorno de déficit de atenção (TDAH), dislexia ou outras dificuldades de aprendizagem.

Técnicas para Leitura

TDAH

 

Materiais de pré-visualização de leitura: Dirigir a atenção da criança para a capa, o título do livro, e as ilustrações. Ensiná-la a usar essas pistas visuais Leitura: Pergunte: “O assunto deste livro é sobre?” Isso vai ajudar uma criança com TDAH a colocar as palavras no contexto.

Ler juntos: Incentivar a criança com TDAH a ler alguns  livros por si mesma, e, em seguida,  revezar na leitura em voz alta e ouvir a ambos quando leem. Se a criança tropeça em uma palavra, dizer para ela, em vez de insistir em que ela codifique a leitura sozinha.

Se a criança quer sondar a palavra, deixe-a sondar: Se ele precisa de correção, diga algo como: “A palavra é casa, mas a palavra que você disse faz sentido”, em outras palavras, a sua estratégia deve ser complementar, em vez de rebaixar a capacidade da criança.

Reveja as ideias: Fazer leitura de poucas páginas e fazer perguntas pertinentes: “A história é sobre? O que aconteceu pela primeira vez? O que aconteceu a seguir? Como você acha que essa história vai acabar? ” Esses questionamentos ajudam as crianças a colocar todas as peças juntas durante a leitura.

Fazer jogos de palavras: Dedicar cada dia ou a cada semana para dominar um fonema específico, ou o som da palavra. Por exemplo, encontrar 10 coisas em sua casa que contêm o “rr” . Ex: Está no transporte que você se locomove (carro), na alimentação diária (arroz) e outros momentos do cotidiano. Tornando esta aprendizagem divertida.

Saber pontos fortes e fracos do seu filho: Algumas crianças com TDAH ou com Dificuldade de aprendizagem precisam de ajuda na decodificação de palavras escritas. Outras crianças podem não entender o significado do que leram. Pergunte ao professor do seu filho onde ele precisa de ajuda. Se é na decodificação, incorporar atividades interpretativas e com sonorização no cotidiano da criança. Se o conteúdo é o problema, ajudar a criança a reconhecer linhas de história. Assistindo filmes de curta duração ou lendo histórias em quadrinhos o que pode ajudar a criança a compreender os conceitos de enredo, personagens e sequência.

Construir vocabulário: Converse com a criança sobre qualquer coisa que lhe interessa, e usar um vocabulário que ela possa compreender. Leia para ela livros de acordo com sua capacidade de interpretação e dentro do seu interesse.

 

Atividades que você pode usar tecnologia

 

Hanx Writer (hitcents.com; iOS)

Um aplicativo de digitação que transforma interface de digitação baseada em toque do iPad em uma máquina de escrever antiquada. Os usuários experimentam a sensação de várias máquinas de escrever antigas, enquanto de processamento de texto pode ser enviado por e-mail ou impressão.

Existem outros aplicativos e jogos online excelentes para serem trabalhadas com crianças que têm TDAH, elas simplesmente adoram tecnologia e certamente conseguiram uma maior concentração nessas atividades.

PUBLICIDADE

TDAH

Atividades criativas e orientadas quando possível pelo educador

 

1-Confeccione cartões (cartolina ou ofício) com nomes de pessoas, incluindo o nome do aluno:

TDAH

Ex:  Jacson, João, Alide, Maria,  José, Socorro, Aline,  Julia

(neste caso, usei o nome dos colegas de sala, meu nome e alguns nomes desconhecidos do aluno)

TDAH

Peça ao aluno para:

– Identificar seu nome

– Identificar nomes com iniciem com a letra do seu nome

– Identificar nomes femininos

– Identificar nomes masculinos

– contar quantas letras tem seu nome

– quantas sílabas têm seu nome

– escrever os nomes identificados

 

2- Solicitar que o aluno confeccione (com sua ajuda) os cartões com seu nome e nome de alguns colegas.

– neste caso a atividade segue com a criatividade de cada professor que pode explorar todas as situações anteriormente citadas e criar outras de acordo com o nível de saber do aluno.

 

Obs: Não use nomes complexos (principalmente escritos em inglês ou outros idiomas) a não ser o próprio nome do aluno.

Trabalhe com nomes de sílabas simples para que facilite a leitura das letras e sílabas pelo aluno.

Ilustre a atividade para ficar mais interessante, pedindo ao aluno que cite as características dos nomes citados

Aproveite esta atividade e treine também a escrita da criança.

 

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni estas atividades e muitas outras além de estratégias, atividades criativas e de fácil aplicação. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem  dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Veja as características positivas da criança com TDAH e atividades para desenvolver sua leitura e escrita
Classificado como: