A dislexia é definida, segundo a Associação Brasileira de Dislexia (ABD), como um distúrbio ou transtorno do aprendizado da linguagem e pode ser uma comorbidade do TDAH. É uma alteração, transitória ou permanente, da compreensão da leitura, soletração, escrita, comunicação expressiva e receptiva, em crianças com adequada acuidade auditiva e visual, interessada na sua aquisição. Ainda, segundo a ABD, a dificuldade no aprendizado da leitura, em diferentes graus, é característica evidenciada em cerca de 80% dos disléxicos.

TDAH

Nas últimas décadas, a dislexia tem despertado maior interesse de investigação e discussão, principalmente porque afeta a capacidade de leitura e este é um instrumento cultural que dá acesso a outros conhecimentos e desenvolvimento de outras capacidades e o não domínio da leitura pode causar danos evidentes, tanto no plano afetivo quanto social.

Ao contrário do que muitos pensam, a dislexia não é resultado de má alfabetização, desatenção, desmotivação, condição socioeconômica ou baixa inteligência. Ela é uma condição hereditária, com alterações genéticas, apresentando ainda alterações no padrão neurológico e pode vir associada com o TDAH ou Déficit de atenção.

Para a confirmação deste distúrbio de aprendizagem (dislexia), a criança deve ser submetido à avaliação realizada por uma equipe multidisciplinar, formada por psicóloga, fonoaudióloga e psicopedagoga clínica. Deve-se iniciar minuciosa investigação. Essa equipe deve garantir maior abrangência do processo de avaliação, verificando a necessidade do parecer de outros profissionais, como neurologista, oftalmologista e outros, conforme o caso. Os autores Valle e Valle também concordam com estes procedimentos e acrescentam, ainda, que o diagnóstico eficaz da dislexia permite uma correta intervenção nas dificuldades apresentadas, além de descartar a possibilidade de outros distúrbios correlacionados.

Os lados emocional e cognitivo da dislexia estão sempre entrelaçados, por isso que para o disléxico é importante o apoio, a compreensão, a paciência e a dedicação daqueles que o cercam, pois o fato da criança se sentir diferente dos demais já é um grande desafio, uma vez que este indivíduo terá de vivenciar os efeitos da dislexia, que é uma questão para a vida toda.

Educar a criança segundo a natureza do seu distúrbio, valorizando suas qualidades e ressaltando seu bom desempenho em diferentes áreas, é um meio sábio de torná-la ativa, interessada e responsável em melhorar o seu desempenho.

A autoestima é fundamental para crianças com dificuldades específicas de aprendizagem, porque ela as habilita a entrar no ciclo do êxito. Se elas acreditarem na sua capacidade, reagirão mais intensamente e passaram a se autovalorizar. Em contraste, a baixa autoestima pode causar um ciclo vicioso de fracasso. A criança tenta fugir do fracasso, evitando os desafios.

Para o autor Selikowitz, o desenvolvimento da autoestima tem importantes implicações no futuro da criança. Se uma criança não tiver adquirido boa autoestima até a idade adulta, o resultado será o pouco proveito de suas habilidades acadêmicas. Se tiver boa autoestima, ela provavelmente enfrentará bem a vida, mesmo que suas habilidades acadêmicas sejam limitadas.

Por isso, os pais devem aceitar a insegurança de seu filho, seus sentimentos, sem crítica, procurando enfatizar as suas qualidades positivas e mostrar o quanto é valorizado não pelos acertos (resultados) obtidos por ele, mas pelo esforço em tentar superar as suas dificuldades.

De acordo com Frank, especialista na área de Psicologia Educacional, a dislexia é muito mais que um problema de leitura, pois esta dificuldade se estende na escrita, nas relações espaciais, nas direções, na administração do tempo, na lembrança de palavras e na memória. É a incapacidade de lembrar, por um instante, o sobrenome do seu melhor amigo; é o pânico de saber que a qualquer momento, a confusão mental pode aparecer e esta carga emocional que se origina da perda da memória, em especial, pode ser enorme.

E para salientar há evidências de que as crianças disléxicas possuem problemas com a aprendizagem verbal de longo prazo, como, por exemplo, a memorização dos meses do ano ou as tabelas de multiplicação. Também apresentam dificuldades para encontrar palavras (nomear), pois esta tarefa exige a recuperação de informações fonológicas da memória de curto prazo.

Outra característica muito frequente da dislexia é a dificuldade com a memória, tanto a curto como a longo prazo. Segundo Frank, este é um dos aspectos, emocionalmente, mais doloroso, pois, às vezes, é impossível lembrar-se de certas experiências do passado. Este fato pode levar os indivíduos disléxicos a se esquivar e se isolar para não serem descobertos ou por não saber lidar com essa dificuldade, sentindo vergonha e medo de ser diferente dos

O autor ressalta que, se para uma criança disléxica o tempo levado para lembrar uma simples palavra pode ser extremamente frustrante, e quando fica mais velha, sua incapacidade de evocar palavras (a chamada disnomia) pode causar embaraço ou sentimento de inadequação, aumentando o sentimento de frustração e de inferioridade dos disléxicos. O fato de tanta pressão emocional em dar o melhor de si, pode torná-los agressivos.

Com base nestes pontos abordados é importante salientar que a dislexia é um problema neurológico e não pode ser ignorado, pois nenhum disléxico deixará de ser disléxico, mas com o consistente apoio e encorajamento por parte de familiares e compreensão dos amigos vão ajudar este indivíduo a se conhecer melhor e aprender a viver com seu transtorno e ser bem-sucedido.

AtividadesTDAH

Conheça o meu mais novo E-book “Discalculia estratégias e atividades”

Neste e-book que apresentamos a vocês procuramos levar tanto o conhecimento sobre a discalculia, como estratégias e atividades sugeridas e que podem ser adaptadas ao contexto escolar e realidade/habilidade de cada aluno e, que foram elaboradas no intuito de colaborar com a aprendizagem das crianças que apresentam o transtorno, desmistificando a matemática, levando-as a uma real aprendizagem.

PUBLICIDADE

 

E-book: “Viva o autismo com estratégias e atividades”

Apresento a vocês este trabalho sobre o autismo que tem como objetivo através de muito conhecimento, dicas importantes, estratégias, atividades, relatos,  mostrar que todas as crianças são capazes e aprendem sim. Como bônus vocês irão ganhar o e-book inédito: Atividades exitosas complementares de alfabetização.


E-book Viva o Autismo

E-book “Atividades Exitosas 2”

Devido ao extraordinário sucesso do nosso e-book “Atividades Exitosas”, estamos lançando o “Atividades Exitosas 2”, com mais de 100 atividades onde obtive êxito com crianças com TDAH, dislexia e autismo também (comprovadas e testadas) e agora com lúdico e E.V.A. Imperdível!

E-book Atividades Exitosas 2

 

Participe

O que você achou desta matéria? Escreva nos comentários e deixe sua opinião

Curta nossa Fan Page no Facebook: http://www.facebook.com/ganhesempremais

Vejam muito mais conteúdo e estratégias de como viver e Vencer com TDAH no meu  E-book, ele apresenta estratégias, técnicas, relatos e atividades imprescindíveis a todos  aqueles que acreditam que podem “Vencer com TDAH”.

E-book Vencer com TDAH + bônus Caderno do cotidiano

banner_vencer_com_TDAH_300_250

O Blog Ganhe Sempre mais, faz uma Mega PROMOÇÃO, em seus cursos, que além de conteúdo de qualidade, facilidade e disponibilidade de tempo, você faz o curso em qualquer horário e local que estiver, ainda fica mais acessível:

Convido a todos vocês envolvidos no processo de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, a conhecerem o E-book “Dislexia, Transtorno ou Talento?” Cujo objetivo é justamente demonstrar através de conhecimento, estratégias e atividades que todas as crianças possuem talentos e a forma como devemos despertá-lo. Tenho certeza que todos que o adquirirem terão outra visão da Dislexia e consequentemente através do seu conteúdo e aplicação suas práticas com estas crianças serão exitosas.

E-book Dislexia + bônus Ensinando com rimas

banner_dislexia_300_250

Vejam muito mais conteúdos com estratégias e atividades no Curso Dislexia Estratégias e Atividades, destinado a pais, professores, fonoaudiólogos, psicólogos escolares, psiquiatras, pedagogos, psicopedagogos, especialistas de atendimentos educacionais (AEE), TO’s, e as próprias pessoas com o transtorno. Contêm muitas informações relevantes, estratégias e muitas atividades que podem ser aplicadas de forma lúdica e criativa, promovendo deste modo a aprendizagem da criança, por pais, e professores, visando auxiliar os mesmos em suas práticas diárias.

Como bônus você levará 2 E-BOOKS, o e-book CIRANDA – Ensinando com rimas, que contêm poesias educacionais, sugestões de atividades e atividades (modelo) que podem ser trabalhadas com todos os alunos, e o e-book Déficit de Atenção ou TDAH. São inúmeras vantagens para você. ADQUIRA JÁ!

CURSO DISLEXIA com Estratégias e Atividades + 2 BÔNUS

Curso de Dislexia Online

Se você quiser aprender mais sobre TDAH aproveite e inscreva-se em nosso curso de TDAH Estratégias e atividades Inédito + Bônus de um e-book Trabalhando as emoções das crianças. Está imperdível, ADQUIRA JÁ!

CURSO TDAH com Estratégias e Atividades + Bônus Trabalhando as emoções das crianças

banner_300x250_tdah_bonus

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

E-book Atividades Exitosas + bônus Ciranda – Ensinando com rimas

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

Ebook  O menino que não tinha jeito + bônus Déficit de Atenção – TDAH

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

 

 

 

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
TDAH – Conheça os aspectos emocionais da dislexia. Com atividades
Classificado como: