A tecnologia é essencial na aprendizagem, para todas as crianças e adultos, especialmente aquelas que apresentam TDAH, quando bem usada.

Alguns aplicativos podem organizar e auxiliar bastante no cotidiano das pessoas que têm TDAH, transtorno este, que muitas vezes afeta e prejudica a vida de todos que têm este transtorno.

Mesmo que as causas possam ser tanto ambientais quanto genéticas, é fácil apontar que muitas pessoas podem de três tipos de TDAH:

  •  com sintomas predominantes voltados à hiperatividade,
  •  com sintomas predominantes voltados à desatenção,
  •  combinado, com todos os sintomas acima.

O TDAH é um transtorno em que ainda não se tem total conhecimento, por este motivo quando se chega à idade adulta fica complicado se lidar com ele. Para facilitar de certa forma a vida das pessoas que têm este transtorno, é necessário que se busque também o conhecimento sobre este transtorno, tratamento e auxilio tecnológico.

Alguns aplicativos podem ser usados e serão de grande ajuda para as pessoas que têm TDAH, pois em decorrência do avanço da tecnologia a mesma promove melhorias e aperfeiçoamentos em variadas áreas, inclusive da saúde.

Desta forma, podemos usar a tecnologia, ou seja, estes aplicativos, como uma ferramenta encantadora e necessária para auxiliar as pessoas que apresentam TDAH, facilitando deste modo a vida destas pessoas.

O Uso da tecnologia é imprescindível tanto para crianças com para adultos que tenham TDAH, embora neste artigo nos reportemos mais aos adultos, não subestimemos, portanto as crianças, pois elas desde muito novas, já usam e dominam praticamente a tecnologia.

Então, Como usar a tecnologia para trabalhar com crianças e adultos que tem TDAH?

 

Durante a infância o TDAH atinge a vida social e escolar da criança, na fase adulta o transtorno atinge diretamente o desempenho profissional e pessoal. Funcionários que têm TDAH sofrem, constantemente, com o preconceito causado principalmente pela falta de informação de colegas, pois, o transtorno afeta a capacidade de cumprir horários e compromissos, impede uma boa organização, facilita o aparecimento de estresse e depressão e ainda influencia em sua vida particular.

Estes aplicativos foram criados por diversas razões:

  • Promover uma melhor organização de tarefas para o dia a dia,
  • Melhorar a produtividade,
  • Servir de alerta ou alarme para compromissos e ocasiões que não podem ser esquecidos,
  • Facilitar uma melhor comunicação e convivência entre colegas, pois os problemas causados pelo transtorno serão evitados,
  • Permitir a realização de anotações (dados e informações) essenciais para não serem esquecidas futuramente.

Em suma, estes aplicativos são excelentes estratégias para ajudar as pessoas a conviverem melhor com o TDAH. Mesmo que não existam soluções mágicas, esses aplicativos podem fazer uma enorme diferença em como você lida e organiza o seu cotidiano.

 

APLICATIVOS:

 

EVERNOTE

É um bloco de rascunhos, lembranças, notas, pensamentos e referências para WindowsAndroidiOSWindows PhoneMacFirefoxSafari, Web, Blackberry e Sony Ericsson X Series. Tem ainda extensão para o Chrome. Formalmente, este aplicativo tem a função de coletar, organizar e anotar essas informações anotadas no seu computador, celular, ou até mesmo através do website, e sincronizar tudo isso com um banco de dados virtual só seu. Muito importante para quem tem TDAH, pois, neste aplicativo pode-se escrever anotações e lembretes sobre praticamente tudo, de modo que não haja esquecimento de qualquer coisa que possa ser essencial ao trabalho/estudo.

TDAH

MOBILLS

Mobills Educação Financeira é um aplicativo de controle financeiro pessoal que permite que você cadastre suas despesas e receitas, podendo ser acessado pelo computador, tablet ou smartphone. Este aplicativo montará categorias das despesas e receitas, apresentando-as em forma de gráficos e relatórios.

TDAH

PUBLICIDADE

O TDAH também pode afetar o lado financeiro da pessoa, por este motivo, o Mobills garante um auxílio extra para avaliar a vida financeira, fazendo o controle de todas as finanças e melhorando a qualidade de vida, diminuindo o estresse relacionado ao dinheiro e muitas vezes ao próprio descuido, característica do TDAH predominante na falta de atenção.

TDAH

PEAK

Este aplicativo tem  jogos que permitem aumentar o nível de habilidade cerebral, ou seja, os jogos são desafiadores, porém,  divertidos e promovem o alcance de metas, formam uma criação de hábitos saudáveis e que incentivam a memória, o foco, a atenção, concentração, solução de problemas, a linguagem, a rapidez de raciocínio e agilidade mental.

Para as pessoas sejam elas crianças ou adultos que tem os sintomas de hiperatividade e impulsividade podem obter benefícios com o Peak, pois este aplicativo auxilia as pessoas que têm características como inquietação e agitação as quais podem ser minimizadas com jogos que promovam a concentração e a atenção,  e, também o jogo por ter regras, ensina  a seguir instruções, um fator também afetado por quem tem TDAH.

TDAH

Apesar de não haver comprovação científica sobre o uso da tecnologia e sua eficácia, podemos afirmar que o uso destes aplicativos traz benefícios para pessoas que não apresentam TDAH e muito mais para aquelas que apresentam este transtorno.  O sucesso dessa experiência entre os usuários da tecnologia no que se refere a estes aplicativos citados garantem que existiram mudanças importantes, como por exemplo, melhora na performance, menos estresse, menos problemas familiares e profissionais e, lógico, maior qualidade de vida. A tecnologia se soubermos usá-la realmente funciona, com relação ao resultado depende da pessoa, do seu conhecimento tecnológico, da sua força de vontade em melhorar sua qualidade de vida e controlar os sintomas do TDAH.

 

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem  dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Como usar a tecnologia para trabalhar com crianças e adultos que têm TDAH
Classificado como: