O Surto Psicótico trata-se de um episódio de dissociação da estrutura psíquica do indivíduo, fazendo com que este mostre comportamentos socialmente estranhos e diferentes, devido à momentânea incapacidade de pensar racionalmente.

Saúde

É preciso estar atento a condições psiquiátricas como a esquizofrenia e o transtorno bipolar. Se não tratadas adequadamente, elas podem desencadear um surto psicótico. Os surtos são comuns na esquizofrenia e podem ocorrer na fase maníaca aguda do transtorno bipolar. Também podem ocorrer devido a substâncias psicoativas, como álcool, maconha, anfetamina, cocaína, etc e na abstinência das mesmas.

A cautela é imprescindível para auxiliar alguém que passe pelo quadro, já que a pessoa se torna agressiva e agitada. Além disso, a possibilidade de colocar a própria vida e a dos outros em perigo aumenta quando não há o socorro imediato e correto.

Começar o tratamento nos primeiros surtos evita sérias complicações e agravamento da psicose. Quanto mais cedo começarem o tratamento melhor o prognóstico do paciente e para sua saúde mental.

 

Traços do surto psicótico

Saúde

Conforme Dra. Aleteia Crestani, médica do Serviço de Psiquiatria de Porto Alegre – RS, o surto psicótico é um termo utilizado para descrever uma situação clínica na qual uma pessoa apresente uma repentina desorganização do pensamento e perda de contato com a realidade.

A profissional explica que as principais características do quadro são os pensamentos desorganizados, alucinações, delírios e comportamento considerado bizarro.

“A pessoa em surto psicótico vê a realidade de maneira distorcida, podendo tornar-se agressiva, agitada, estranha ou isolada. A crise pode ter duração variável e ocorrer durante algumas horas ou até durante muitos anos”, afirma.

Dentre as causas que podem ocasionar o desequilíbrio, a médica destaca que há uma ampla gama de transtornos psiquiátricos que podem se apresentar com sintomas psicóticos, tais como a esquizofrenia e as psicoses afetivas.

“Há também os episódios psicóticos secundários devido ao uso de substâncias psicoativas e a doença clínica ou cerebral”, cita. Além disso, condições médicas como infecções, pós-operatório traumático e intoxicação por medicamentos podem afetar a percepção da pessoa e com isso prejudicar sua saúde mental.

 

Como ajudar alguém em surto psicótico

 

– Não confronte a pessoa em surto, mantenha uma postura neutra e compreensiva até que a ajuda especializada chegue
– Proteja o ambiente, afastando objetos que podem ser usados para agressão (como facas, armas e utensílios perigosos)
– Vigie a pessoa se houver risco de fuga ou autoagressão
– Se o surto é resultado do não uso de uma medicação habitual, administre-a imediatamente
– Se a pessoa em surto estiver sob tratamento, entre em contato com o profissional que a atende para orientações específicas
– Se houver risco de agressividade, suicídio ou homicídio iminente deve-se entrar em contato com a polícia para garantir a integridade da pessoa afetada e daqueles que estão com ela no momento do surto
– Caso os acompanhantes consigam manejar o indivíduo, ele deve ser encaminhado para um serviço médico de emergência, preferencialmente com atendimento psiquiátrico
– Em casos graves, internação psiquiátrica é necessária para investigação e intervenções apropriadas. Casos mais leves podem ser atendidos em ambulatórios e não necessitam internação.

Você já presenciou uma situação assim? Qual foi sua reação? Deixe seu comentário e ajude outros leitores do Ganhe Sempre Mais. E aproveite para conferir nossas dicas de educação, psicopedagogia, saúde e bem-estar.

PUBLICIDADE

 
Convido a todos vocês envolvidos no processo de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, a conhecerem o E-book “Dislexia, Transtorno ou Talento?” Cujo objetivo é justamente demonstrar através de conhecimento, estratégias e atividades que todas as crianças possuem talentos e a forma como devemos despertá-lo. Tenho certeza que todos que o adquirirem terão outra visão da Dislexia e consequentemente através do seu conteúdo e aplicação suas práticas com estas crianças serão exitosas.

banner_dislexia_300_250

Vejam muito mais conteúdos com estratégias e atividades no Curso Dislexia Estratégias e Atividades, destinado a pais, professores, fonoaudiólogos, psicólogos escolares, psiquiatras, pedagogos, psicopedagogos, especialistas de atendimentos educacionais (AEE), TO’s, e as próprias pessoas com o transtorno. Contêm muitas informações relevantes, estratégias e muitas atividades que podem ser aplicadas de forma lúdica e criativa, promovendo deste modo a aprendizagem da criança, por pais, e professores, visando auxiliar os mesmos em suas práticas diárias.

Como bônus você levará 2 E-BOOKS, o e-book CIRANDA – Ensinando com rimas, que contêm poesias educacionais, sugestões de atividades e atividades (modelo) que podem ser trabalhadas com todos os alunos, e o e-book Déficit de Atenção ou TDAH. São inúmeras vantagens para você. ADQUIRA JÁ!

 

Curso de Dislexia Online

 

 

Se você quiser aprender mais sobre TDAH aproveite e inscreva-se em nosso curso de TDAH Estratégias e atividades Inédito + Bônus de um e-book Trabalhando as emoções das crianças. Está imperdível, ADQUIRA JÁ!

banner_300x250_tdah_bonus

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Identifique os sintomas e saiba como agir em um “surto psicótico”- Saúde mental
Classificado como: