Em todos os tipos de relacionamentos deve haver honestidade e transparência, seja no trabalho, com os amigos ou até mesmo na vida conjugal. Você sabe por que é tão difícil a vida conjugal e até mesmo a vida social? A resposta é: porque as pessoas em geral, o esposo e a esposa têm que lidar o tempo todo com seus problemas pessoais, com a dinâmica de sua própria mente cheia de emoções, lutas, áreas desconhecidas, bem como com o inconsciente do outro.

Saúde

Uma coisa muito clara sobre a vida social e em especial a vida conjugal, quanto a melhorar o relacionamento, é a necessidade de honestidade emocional, que melhora a vida de todos e consequentemente a saúde mental. O que é isso então? Honestidade emocional é não manipular as pessoas, é dizer a verdade em amor, é aceitar suas limitações e admiti-las para o outro em vez de negá-las, é sair da defesa e abrir o coração, é se tornar vulnerável.

Defesa na vida conjugal é” bater em retirada” quando o assunto fica doloroso, lembrando que há muitos modos de sair de cena. Tem gente que fala alto e não deixa o outro falar; há também quem sai do ambiente deixando o outro sozinho ou fique com um ouvido na fala da pessoa e o outro na TV, ou ainda com um olho no jornal, que está em sua mãos ( ou laptop, tablet, celular, revista) e outro na pessoa, etc.

Saúde

Honestidade emocional tem que ver com duas dimensões: um é ser honesto consigo mesmo. Há pessoas que não são. É triste e elas podem não estar prontas para isso. Elas mentem para si mesmas, fogem da verdade porque a verdade pode doer. Essas pessoas podem não estar prontas porque não amadureceram. E não amadureceram emocionalmente porque talvez, focalizassem a vida, ou concentrassem sua existência em coisas materiais, ou em desejos obsessivos românticos, deixando de lado, ou “empurrando com a barriga” a necessidade do desenvolvimento emocional.

Saúde

Muitas pessoas, intelectuais ou vitoriosas empresarialmente, são imaturas emocionalmente quanto à vida no que diz respeito ao relacionamento familiar e conjugal, entre outros. Não foram honestas consigo mesmas. Quando precisavam dar uma olhada para dentro de si, elas se fecharam para a luz e canalizaram seus esforços para outra coisa: dinheiro, drogas, baladas, trabalho e até religião. E droga, aqui, pode ser qualquer coisa que se tornou um deus em sua vida, tirando a liberdade verdadeira. Pode ser até algo bom e necessário, como o trabalho, a alimentação, o vestuário, etc.

Uma segunda dimensão quanto á honestidade emocional tem a ver com ser honesto com as pessoas, procurar ao máximo ter saúde emocional ao lidar com os demais. Manipuladores, controladores, codependentes, carentes, inseguros, dominadores, autoritários, geralmente são desonestos emocionalmente com os outros. Talvez por nunca terem admitido que erraram, ou por esconder fraquezas, por negar que estão enganados, por ser obsessivos, etc.

Saúde

Se cada um de nós for honesto emocionalmente, procurando compreender a si mesmo, tendo como foco a autoanálise do aspecto em que precisa crescer como pessoa, então, os relacionamentos poderão melhorar. Sem isso há tensão, estresse, sofrimento desnecessário. Com honestidade emocional, a vida na família e no trabalho pode se tornar suportável, agradável e até mesmo FELIZ!

 

Convido a todos vocês envolvidos no processo de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, a conhecerem o E-book “Dislexia, Transtorno ou Talento?” Cujo objetivo é justamente demonstrar através de conhecimento, estratégias e atividades que todas as crianças possuem talentos e a forma como devemos despertá-lo. Tenho certeza que todos que o adquirirem terão outra visão da Dislexia e consequentemente através do seu conteúdo e aplicação suas práticas com estas crianças serão exitosas.

PUBLICIDADE

banner_dislexia_300_250

Vejam muito mais conteúdos com estratégias e atividades no Curso Dislexia Estratégias e Atividades, destinado a pais, professores, fonoaudiólogos, psicólogos escolares, psiquiatras, pedagogos, psicopedagogos, especialistas de atendimentos educacionais (AEE), TO’s, e as próprias pessoas com o transtorno. Contêm muitas informações relevantes, estratégias e muitas atividades que podem ser aplicadas de forma lúdica e criativa, promovendo deste modo a aprendizagem da criança, por pais, e professores, visando auxiliar os mesmos em suas práticas diárias.

Como bônus você levará 2 E-BOOKS, o e-book CIRANDA – Ensinando com rimas, que contêm poesias educacionais, sugestões de atividades e atividades (modelo) que podem ser trabalhadas com todos os alunos, e o e-book Déficit de Atenção ou TDAH. São inúmeras vantagens para você. ADQUIRA JÁ!

 

Curso de Dislexia Online

 

 

Se você quiser aprender mais sobre TDAH aproveite e inscreva-se em nosso curso de TDAH Estratégias e atividades Inédito + Bônus de um e-book Trabalhando as emoções das crianças. Está imperdível, ADQUIRA JÁ!

banner_300x250_tdah_bonus

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Veja como a honestidade emocional melhora sua vida e sua saúde
Classificado como: