Com este artigo pretendo mostrar a todos vocês tenham ou não o Transtorno do Déficit de Atenção e/ou Hiperatividade – TDAH, que é possível superá-lo, ter uma boa qualidade de vida, é possível sim passar em concursos. Em primeiro lugar quero contar-lhes uma história, ou seja, a minha própria história. Quando comecei a escrever sobre TDAH, percebi que estava escrevendo sobre mim mesma, sou TDAH auto diagnosticada. Percebi em mim sintomas que caracterizavam o transtorno, que sozinha e sem o conhecimento adequado sofri, mas consegui superar (muitos não conseguem sem ajuda especializada). No início, mesmo tendo uma fama de inteligente, porém, “indisciplinada”, tentava estudar, mas, não conseguia me concentrar, não tinha foco, não conseguia ter aproveitamento, e, portanto, não passava em concursos.
TDAH
Assim como eu, alguns estudantes e profissionais passam por esse tipo de problema. E eu, conhecendo e vivendo, na verdade, esta situação, não poderia deixar de trazer informação a outros que desejam passar em concursos, enfim ter uma qualidade de vida melhor, conhecer a si mesmo e conviver com o TDAH da melhor forma possível, a, todos que sofrem, mas não sabem o motivo. Quero desta forma, trazer-lhes alento.
Meus sintomas eram: muita agitação gostava muito de falar e o fazia muito rápido, tinha dificuldade em regras e horários, não conseguia me concentrar, lia e parecia esquecer rapidamente tudo que havia lido. Como eu não conhecia os sintomas do TDAH, acredito que foi mais difícil, pois com conhecimento sobre este transtorno e ajuda adequada fica mais fácil superá-los e vencer. Ainda, desconhecendo os sintomas, busquei em mim mesma, forças para estudar, vencer os desafios, o maior deles é ser “normal”, pois, é isso que a sociedade nos impõe.
TDAH
Familiares e amigos muitas vezes diziam: “Você é tão inteligente, mas não passa em concurso”, isso me angustiava. Talvez estes comentários tenham me fortalecido, e procurei vencer o que me impedia de ser feliz, eu queria passar em concursos.
O que fiz? Não sabendo que era “impossível” eu consegui. Passei em dois concursos públicos no mesmo ano, terminei a faculdade que havia parado e virei uma escritora, com inúmeros e-books e livros escritos.
Anos mais tarde, na área de educação, em especial na área de inclusão, comecei a trabalhar com déficit intelectual, e descobri o TDAH, compreendi o quanto fui feliz, abençoada, pois o transtorno é sério, poucos tem conhecimento ou sabem lidar e muitas pessoas deixam de vencer, de passar em concursos porque não compreendem o quanto são capazes, que estratégias abordar, que atividades executar e de que forma podem aprender e ter foco.
Neste artigo, me reporto aos pais, professores, especialistas, a todos que tem TDAH, como exemplo, como modelo de quem o superou e faz hoje, do SERVIR, dos meus livros e escritos uma forma de ajudar a todos que acham que não conseguem. Creiam, conseguem sim.
A partir de então, trabalharemos o TDAH em crianças e também em adultos, pois, a criança com TDAH será um adulto com este Transtorno também, porém se tratado mais cedo, poderá ter uma vida muito mais feliz e produtiva.
Para as pessoas que tem TDAH e estão na fase adulta, abordarei todos os passos que segui, hoje com mais técnicas e estratégias, pois, estudei, me aprofundei e falo com propriedade, pois senti na pele o que todos que tem o transtorno sentem.
Em primeiro lugar precisamos identificar os sintomas, e de acordo com nossas dificuldades, o mais correto é procurar ajuda que pode ser medicamentosa ou terapêutica. Uma equipe multidisciplinar pode identificar diagnosticar e iniciar o tratamento: Psicólogos, psiquiatras, psicopedagogos, neurologistas. Mesmo com toda esta ajuda, precisamos ter muita força de vontade para vencer os sintomas. Querer é poder! Definam que concursos querem passar, e juntos vamos lá, com certeza irão conseguir!
homem_vencedor TDAH

PUBLICIDADE

Nos próximos artigos estarei abordando estratégias e atividades para que desta forma possa auxiliar a todos vocês que tem objetivo de passar em avaliações, concursos, vencer os desafios e mostrar que mesmo com TDAH todos nós somos capazes.

Você quer aprender e ficar expert em TDAH? Aproveite e inscreva-se em nosso curso de TDAH Estratégias e atividades Inédito + Bônus de um e-book Trabalhando as emoções das crianças + camisa personalizada do Blog. Está imperdível, ADQUIRA JÁ!

banner_300x250_tdah_bonus

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Passar em concurso? É possível sim, mesmo com TDAH
Classificado como: