Segundo Howard Gardner, todo ser humano, incluindo as crianças com TDAH, Dislexia, Autismo e outros Transtornos de Aprendizagem, são dotadas de inteligências múltiplas que incluem as dimensões linguística, lógico-matemática, espacial, musical, cinestésico-corporal, naturalista, intrapessoal e interpessoal.

Conforme o autor a dimensão linguística se expressa de modo muito marcante no orador, no escritor, no poeta ou compositor, que lidam criativamente e constroem imagens com palavras e com a linguagem de maneira geral. A lógico-matemática está associada à competência em desenvolver raciocínios dedutivos e em construir cadeias causais e lidar com números e outros símbolos matemáticos, se expressando no engenheiro, mas sobretudo no físico e nos grandes matemáticos. A dimensão espacial da inteligência está diretamente associada ao arquiteto, geógrafo ou marinheiro que percebe de forma conjunta o espaço e o administra na utilização e construção de mapas, plantas e outras formas de representações planas. A competência musical representa um sentimento puro na humanidade e está ligada à percepção formal do mundo sonoro e o papel desempenhado pela música como forma de compreensão do mundo, enquanto que a cinéstesica-corporal se manifesta na linguagem gestual e mímica e se apresenta muito nítida no artista e no atleta que não necessitam de elaborar cadeias de raciocínios na execução de seus movimentos corporais. A inteligência naturalista ou biológica está ligada à compreensão do ambiente e paisagem natural. Este elenco se completa com as inteligências pessoais, manifestas na competência interpessoal, revelada através do poder de bom relacionamento com os outros e na sensibilidade para a identificação de suas intenções, suas motivações e sua autoestima. Essa forma de inteligência explica a imensa empatia de algumas pessoas e é característica de grandes líderes, professores e terapeutas. A dimensão intrapessoal pode ser sentida por todos quantos vivem bem consigo mesmo, sentem-se como que envolvidos pela presença de “um educador de si mesmo”, administrando seus sentimentos, emoções e projetos com o “auto (e alto) astral” de quem percebe suas limitações, mas não faz das mesmas um estímulo para o sentimento de culpa ou para a estruturação de um complexo de inferioridade.

Estudos indicam que os cinco primeiro anos de vida de um ser humano são fundamentais para o desenvolvimento de suas inteligências, deste modo, atividades, ou jogos que envolvam ginasticas cerebrais devem ser aplicados com todas as crianças, inclusive as que têm TDAH, Dislexia, Autismo ou outros Transtornos de aprendizagem. Desta forma relacionamos Atividades e jogos que estimulam a inteligência das crianças em várias situações.

 

 

Atividades e jogos para estimulação verbal Linguística

 

  • Combinando

 

Habilidade: Vocabulário

Estimulação: Percepção visual, atenção.

TDAH

Utilizando gravura de revistas ou desenhando, fazer uma coleção de figuras que relacionem um elemento a outro, como por exemplo: homem x mulher, plantas x produtos elaborados, casa x produtos, animais suas casas e inúmeros outros.

Colar em cartolina ou papel ofício, recortar e fazer a associação.

 

 

  • Arrumando

Habilidade: vocabulário

Estimulações: percepção visual e raciocínio lógico

TDAH

Desenhar ou montar em cartolina uma cozinha, um quarto ou a estrutura interna de uma casa, uma sala por exemplo.

Construir em cartolina ou ofício, peças que completem esse aposento, como sofás, camas, mesas, espelhos, armários, panelas e outros objetos.

Ao receber as peças do jogo, a criança deverá nomear o objeto montando-o sobre a estrutura. As crianças podem trabalhar em grupo ou individualmente, dizer as cores ou contar histórias que envolvam a montagem.

 

 

Atividades e jogos para a estimulação lógico-matemática

 

  • Jogo dos cubos

 

Habilidade: Noção de tamanho grande/pequeno

Estimulações: Percepção espacial, atenção.

TDAH

Arranje 5 ou 6 garrafas de plástico de tamanhos diferentes ou cubos (tamanhos variados) de sua preferência

As crianças devem enfileirar as garrafas ou cubos sem observar as regras, tentar empilhá-los. Em quantidades posteriores devem separara os cubos ou garrafas maiores das menores, comparando os tamanhos e verbalizando os conceitos de “grande” e “pequeno”.

 

 

  • Jogo das latas

 

Habilidade: Noção de tamanho Alto e baixo

Estimulações: Coordenação motora e contagem

PUBLICIDADE

 

Improvisar latas vazias de diferentes tamanhos. Pintar essas latas com cores diferentes. Caixas de fósforo vazias e cubos de madeira também podem ser utilizados.

As crianças devem empilhar e enfileirar as latas sem observar as regras e, em etapas subsequentes, formar torres de tamanhos diversos, identificando as torres altas e baixas em diferentes sequências.

 

Atividades e jogos para a estimulação da inteligência espacial

 

  • As fotos da família

 

Habilidade: conceituação do tempo

Estimulação: observação

TDAH

Recortar em revistas diferentes figuras de pessoas nas várias etapas da vida do nascimento à velhice. Reunir, se possível, fotos de animais jovens e adultos.

As crianças devem seriar as figuras de acordo com a evolução. Estimulá-las quando possível a obter em casa suas fotos em diferentes etapas do crescimento e leva-las a descobrir a ação do tempo e sua passagem ao longo da vida das pessoas. Explorar a herança das fotos da família é sempre muito interessante. Como também gravar relatos das pessoas mais antigas do lugar. Em etapas mais avançadas é interessante procurar fotos antigas do bairro para ampliar a experiência. Pode-se propor questões do tipo: como as pessoas desta época viajavam? Quais eram as formas de lazer? Como conservavam os alimentos, etc. É interessante associar o dia a dia da criança com o de pessoas mais velhas, comparando experiências.

 

 

 

  • Palito – cartão

 

Habilidade: orientação espacial

Estimulação: Coordenação manual

 

 

Folhas de cartolina ou ofício e palitos de fósforos usados (grandes ou pequenos). Desenhar figuras geométricas e formas irregulares na cartolina. Todos os desenhos devem ser passíveis de uma reprodução com palitos de fósforo.

A tarefa das crianças, individualmente, é a de colocar os palitos sobre os desenhos, reproduzindo as figuras geométricas colocadas. A experiência pode ser ampliada com desenhos de casas e outros, progressivamente apresentando maior complexidade.

Vejam muito mais conteúdos com estratégias e atividades no Curso Dislexia Estratégias e Atividades, destinado a pais, professores, fonoaudiólogos, psicólogos escolares, psiquiatras, pedagogos, psicopedagogos, especialistas de atendimentos educacionais (AEE), TO’s, e as próprias pessoas com o transtorno. Contêm muitas informações relevantes, estratégias e muitas atividades que podem ser aplicadas de forma lúdica e criativa, promovendo deste modo a aprendizagem da criança, por pais, e professores, visando auxiliar os mesmos em suas práticas diárias.

Como bônus você levará 2 E-BOOKS, o e-book CIRANDA – Ensinando com rimas, que contêm poesias educacionais, sugestões de atividades e atividades (modelo) que podem ser trabalhadas com todos os alunos, e o e-book Déficit de Atenção ou TDAH. São inúmeras vantagens para você. ADQUIRA JÁ!

 

Curso de Dislexia Online

 

Convido a todos vocês envolvidos no processo de aprendizagem de crianças, adolescentes e adultos, a conhecerem o E-book “Dislexia, Transtorno ou Talento?” Cujo objetivo é justamente demonstrar através de conhecimento, estratégias e atividades que todas as crianças possuem talentos e a forma como devemos despertá-lo. Tenho certeza que todos que o adquirirem terão outra visão da Dislexia e consequentemente através do seu conteúdo e aplicação suas práticas com estas crianças serão exitosas.

banner_dislexia_300_250

Se você quiser aprender mais sobre TDAH aproveite e inscreva-se em nosso curso de TDAH Estratégias e atividades Inédito + Bônus de um e-book Trabalhando as emoções das crianças. Está imperdível, ADQUIRA JÁ!

banner_300x250_tdah_bonus

No intuito de auxiliar a pais, professores e as crianças, escrevi o e-book “Atividades exitosas” (91 páginas) em que reuni atividades criativas de fácil aplicação além de estratégias. De bônus os presenteio com o e-book “Ciranda” (48 páginas) onde podemos ensinar através de poesias e rimas, com sugestões e modelos de atividades. Este material foi escrito com muito carinho e dedicação, tenho certeza que será muito proveitoso, e se for bem aplicado se refletirá na real aprendizagem dos alunos, em especial aqueles que têm TDAH, Dislexia ou outros Transtornos de aprendizagem.

banner_ebook_atividades_300_250

Se você ainda não possui, adquira já o e-book “O Menino Que Não Tinha Jeito” e como bônus ganhe o e-book completo “Déficit de Atenção ou TDAH”:

ebook_o_menino_que_nao_tinha_jeito

Psicopedagoga, Psicanalista Clínica, Palestrante, Bacharel em Administração de Empresas, Professora do município de Juazeiro-BA na área de Atendimento Educacional Especializado, Escritora/poetisa com livro publicado pela Editora Baraúna e CBJE.
Compartilhe:
Atividades e jogos para estimulação das múltiplas inteligências para crianças com TDAH, Dislexia, Autismo
Classificado como: